Hospital de Barcelos já realizou 162 hospitalizações domiciliárias

por Teresa Mendes | 08.01.2020

«Grau de satisfação é muito elevado», diz presidente do CA
O Hospital de Santa Maria Maior, em Barcelos, já internou 162 utentes nas suas próprias casas desde que arrancou, em março de 2019, o seu programa de hospitalização domiciliárias, informou esta terça-feira a instituição num comunicado divulgado pelo Portal do SNS.

Na nota à Imprensa, o presidente do conselho de administração (CA), Joaquim Barbosa, revela que dos 162 utentes, «apenas 10» tiveram necessidade de reinternamento hospitalar, face ao agravamento da sua situação clínica, concluindo que «o grau de satisfação e de eficácia da hospitalização domiciliária é muito elevado».

Entre as vantagens da hospitalização domiciliária, o hospital destaca a redução do risco de complicações pós-cirúrgicas e de infeções hospitalares, a menor probabilidade de traumatismo emocional e a diminuição do número de casos de reinternamento hospitalar.

O Hospital de Santa Maria Maior, em Barcelos, já internou 162 utentes nas suas próprias casas desde que arrancou, em março de 2019, o seu programa de hospitalização domiciliárias, informou esta terça-feira a instituição num comunicado divulgado pelo Portal do SNS

Os doentes que beneficiam do internamento domiciliário são, essencialmente, oriundos do serviço de Medicina Interna, mas há também alguns da Cirurgia, nomeadamente da especialidade da Ortopedia.

Os doentes dispõem do contacto direto para o hospital para darem conta de um eventual agravamento do estado clínico, sendo que os profissionais de saúde que o acompanham irão ao seu domicílio «a qualquer hora do dia, se assim se justificar».

20tm02L
08 de Janeiro de 2020
2002Pub4f20tm02L

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

20.02.2020

Falta de médicos é «problema antigo», diz diretor clínico do HSM

O diretor clínico do Hospital de Santa Maria (HSM), Luís Pinheiro, disse esta quarta-feira aos deput...

por Teresa Mendes | 20.02.2020

Médicos defendem o fim da tortura e negligência médica a Julian Assange

Numa carta publicada no início desta semana na revista The Lancet, um grupo de médicos de 18 países...

por Teresa Mendes | 20.02.2020

 «Farmacovigilância – partilha de responsabilidade»

 No próximo dia 5 de março, o Infarmed promove uma sessão de Manhãs Informativas dedicada ao tema «F...

por Teresa Mendes | 19.02.2020

Prevalência da demência em Portugal mais do que duplicará até 2050

O número de pessoas com demência em Portugal em 2050 irá atingir os 3,82% da população, o que será m...

por Teresa Mendes | 19.02.2020

 Todos os países do mundo estão a falhar proteção da saúde das crianças

Não há nenhum país do mundo que esteja a proteger de forma adequada a saúde das crianças, o seu ambi...

por Teresa Mendes | 19.02.2020

Eutanásia: CNEVC contra os projetos de lei de do BE, PS, PEV e PAN

Na véspera do debate sobre a eutanásia no Parlamento, o Conselho Nacional de Ética para as Ciências...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.