Insa promove Seminário sobre doenças cérebro-cardiovasculares a 4 de fevereiro

por Teresa Mendes | 10.01.2020

Na reunião serão divulgados os resultados do estudo «e_COR» 
O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) promove, no dia 4 de fevereiro (14h30), no seu auditório, em Lisboa, um seminário sobre doenças cérebro-cardiovasculares (DCV).
Na ocasião serão divulgados os resultados do estudo «e_COR», que teve como objetivo estabelecer a prevalência dos principais fatores de risco de DCV na população portuguesa.

Intitulado «Estudo e_COR – Prevalência de Fatores de Risco Cardiovasculares na População Portuguesa», o Seminário contará com a apresentação de Ana Catarina Alves, investigadora do Departamento de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças Não Transmissíveis, e comentários de Diogo Cruz, subdiretor-geral da Saúde. 

A sessão, que será transmitida por videoconferência para o Centro de Saúde Pública Doutor Gonçalves Ferreira, no Porto, contará ainda com a moderação de Mafalda Bourbon, investigadora e coordenadora da Unidade de Investigação e Desenvolvimento do DPS.

O evento tem participação gratuita, mas carece de inscrição prévia aqui.

O Insa recorda que as DCV são um importante problema de saúde pública a nível mundial sendo responsáveis por uma elevada taxa de morbilidade e mortalidade. «Em Portugal, não obstante o decréscimo verificado nos últimos anos, as DCV continuam a ser a principal causa de morte e a esperança de vida saudável aos 65 anos de idade é inferior à média europeia.

O Insa promove, no dia 4 de fevereiro (14h30), no seu auditório, em Lisboa, um seminário sobre doenças cérebro-cardiovasculares. Na ocasião serão divulgados os resultados do estudo «e_COR», que teve como objetivo estabelecer a prevalência dos principais fatores de risco de DCV na população portuguesa 

Estas doenças atingem homens e mulheres, de todas as nacionalidades e estratos económicos, principalmente em idades produtivas, contribuindo para um aumento drástico dos custos nos cuidados de saúde e, consequentemente, da economia em geral», lê-se numa nota à Imprensa.

20tm02q
10 de Janeiro de 2020
2002Pub6f20tm02q

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 08.04.2020

 «Se a linha da frente cair, cairemos todos»

A Amnistia Internacional (AI) lançou esta terça-feira, no âmbito do Dia Mundial da Saúde, uma petiçã...

por Teresa Mendes | 08.04.2020

 Insa desenvolve estudo da diversidade genética do Covid-19 em Portugal

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) está a desenvolver o estudo da diversidade...

por Teresa Mendes | 08.04.2020

 Líderes mundiais do plasma unidos no desenvolvimento de terapêutica contra...

Várias empresas do sector farmacêutico e terapêutico, a nível internacional, juntaram-se para desenv...

por Teresa Mendes | 08.04.2020

 Profissionais de saúde vão ter minutos, mensagens e dados móveis gratuitos

Os profissionais de saúde na linha da frente contra a pandemia vão ter benefícios nas comunicações e...

07.04.2020

«Todos Por Quem Cuida»

A Ordem dos Médicos (OM) e a Ordem dos Farmacêuticos (OF), com o apoio da Associação Portuguesa da I...

por Teresa Mendes | 06.04.2020

 SNS 24 lança Aconselhamento Psicológico a profissionais de saúde e cidadão...

Está a funcionar, desde o dia 1 de abril, a Linha de Aconselhamento Psicológico no SNS24, que conta...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.