OM arquivou 861 queixas e suspendeu 16 clínicos em 2019

por Teresa Mendes | 27.01.2020

Nenhum médico foi expulso
Em 2019, os três conselhos disciplinares da Ordem dos Médicos (OM) decidiram condenar 35 profissionais e arquivar 861 processos. Dos 35 condenados, 16 receberam pena de suspensão (13 no Norte, duas no Sul e uma no Centro), a sanção mais grave a seguir à da expulsão, e os restantes foram sancionados com as penas mais leves de advertência e censura.
Nenhum médico foi expulso.

Estes são dados avançados hoje pelo Público, que acrescenta que 2019 foi, nos últimos seis anos, «o ano em que mais médicos foram suspensos pelos conselhos disciplinares». 

Contudo, este é um número que continua a ser pouco significativo, uma vez que há mais de 50 mil médicos inscritos na OM e as queixas que ali dão entrada são cada vez mais numerosas, apontam os responsáveis da Ordem ouvidos pelo jornal.
Segundo os dados de 2019 disponibilizados pelo conselho superior da Ordem, «as reclamações enviadas pela Entidade Reguladora da Saúde (ERS) para os três conselhos com funções disciplinares atingiram também um número recorde no ano passado».

2019 foi, nos últimos seis anos, «o ano em que mais médicos foram suspensos pelos conselhos disciplinares» 

Só a ERS enviou para a OM 700 reclamações em 2019, quase três vezes mais do que em 2015 (259).

«Felizmente, a maior parte das queixas não têm substrato. E muitas são apresentadas porque as pessoas consideram que estiveram muito tempo à espera [nos hospitais ou centros de saúde] ou porque acham que os médicos não os trataram bem», explicou Fátima Carvalho, presidente do conselho disciplinar do Norte, em declarações ao jornal.

20tm05c
27 de Janeiro de 2020
2005Pub2f20tm05c

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 31.03.2020

Financiamento do SNS «continua a ser insuficiente», diz TC

 O financiamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS) «continua a ser insuficiente, suscitando um esfo...

por Teresa Mendes | 31.03.2020

 «Não há só Covid no Serviço Nacional de Saúde»

 A ministra da Saúde disse esta segunda-feira que, desde início e até meados de março, a procura nas...

por Teresa Mendes | 30.03.2020

 «Existe um pedido excessivo de análises de “rotina”» em Portugal

Um estudo liderado por seis investigadoras, publicado na mais recente edição da Acta Médica Portugue...

por Teresa Mendes | 30.03.2020

Pedido o reforço dos meios de proteção individual, dos testes e das condiçõ...

Oitenta profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e administradores hospitalares, pediram e...

por Teresa Mendes | 30.03.2020

Covid-19: Investigadores continuam sem acesso aos dados anonimizados em Por...

O Conselho de Escolas Médicas Portuguesas (CEMP) alerta que, apesar de o primeiro-ministro ter anunc...

por Teresa Mendes | 30.03.2020

 Ensaios clínicos: Infarmed recomenda suspensão de recrutamento em caso de...

Tendo em conta o contexto atual, o Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.