Governo aprova reforço de 296 milhões de euros para pagamentos em atraso

por Teresa Mendes | 12.03.2020

Objetivo é manter o esforço e o equilíbrio do setor empresarial da saúde 
A ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou, esta quarta-feira, que o Governo aprovou «um reforço de 296 milhões de euros para pagamentos em atraso para manutenção do esforço e equilíbrio do setor empresarial da saúde».

Na Assembleia da República, na Comissão Parlamentar de Saúde, a responsável reiterou «a importância do investimento no âmbito do programa de reforço de sustentabilidade financeira do Serviço Nacional de Saúde», destaca um comunicado publicado no Portal do Governo.

O investimento terá reflexos também nos serviços de Cuidados Continuados Integrados, «com um reforço previsto de 800 camas durante 2020, com um orçamento de 40 milhões de euros, e nos cuidados continuados de saúde mental, com um acréscimo de 200 respostas».

A ministra da Saúde anunciou que o Governo aprovou «um reforço de 296 milhões de euros para pagamentos em atraso para manutenção do esforço e equilíbrio do setor empresarial da saúde» 

O comunicado recorda que o reforço do financiamento global do SNS na atual legislatura estende-se aos 941 milhões, com uma parte significativa a incidir na melhoria da capacidade de resposta.

Neste aspecto, «a contratualização hospitalar, nomeadamente os contratos-programa dos Hospitais EPE e de Unidades Locais de Saúde, vão ser assinados ainda em março de 2020».

Na área dos Cuidados Paliativos há 381 camas de internamento num total de 28 unidades e o objetivo para 2020 passa pela abertura de dez novas equipas e reforço das existentes.

Marta Temido sublinhou ainda que «em 2020 todos os hospitais do Serviço Nacional de Saúde terão um compromisso de hospitalização domiciliária, com uma previsão final de 7500 episódios».

20tm11m
12 de Janeiro de 2020
2011Pub4f20tm11m

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.05.2020

Publicadas as recomendações de cada especialidade para a retoma assistencia...

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) solicitou às direções dos colégios de especialidade a elabora...

22.05.2020

Exportações em saúde crescem 8,8% no primeiro trimestre do ano

As exportações em saúde atingiram os 377 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, o que se tr...

22.05.2020

Ordem dos Médicos contra voos com lotação completa a partir de junho

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) está conta a decisão, que diz ser «política», de voltar a ter...

por Teresa Mendes | 22.05.2020

Médicos e doentes alertam para impactos no agravamento da obesidade

Na véspera do Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade, que se assinala amanhã, 23 de maio, especiali...

por Teresa Mendes | 21.05.2020

SICAD promove ciclo de videoconferências

No âmbito do ciclo de videoconferências dedicado a temas atuais na área dos comportamentos aditivos...

21.05.2020

Mais de 3200 profissionais de saúde infetados

Mais de 3200 profissionais de saúde já foram infetados com Covid-19, um terço dos quais são enfermei...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.