Internos de MGF pedem «suspensão de todos os estágios e formações hospitalares»

por Teresa Mendes | 26.03.2020

Posição conjunta das associações e comissões de internos de todo o país
Os internos de Medicina Geral e Familiar (MGF) pedem, em comunicado conjunto das associações e comissões de internos de MGF de todo o país e face à «rápida evolução e disseminação da infeção causada pelo SARS-CoV2», a «suspensão de todos os estágios e formações hospitalares». 

As organizações representativas dos internos de MGF esclarecem que desejam «assegurar a qualidade do programa formativo, garantir a segurança dos profissionais e reduzir a probabilidade de os médicos internos serem veículos de transmissão entre os hospitais e as suas unidades». 

Na nota, divulgada pela Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), os internos sublinham que «não poderão ser prejudicados nas suas avaliações, devendo oportunamente ser reavaliada, individualmente, a conclusão dos estágios e formações interrompidas». 

Os internos de Medicina Geral e Familiar (MGF) pedem, em comunicado conjunto das associações e comissões de internos de MGF de todo o país e face à «rápida evolução e disseminação da infeção causada pelo SARS-CoV2», a «suspensão de todos os estágios e formações hospitalares» 

As comissões e associações que assinam esta posição conjunta defendem também que «os internos deverão regressar às suas unidades de colocação, estando disponíveis para trabalhar e colaborar no que for necessário dentro das normativas da Direção-Geral de Saúde (DGS) e planos de contingência de cada unidade».

Mais, os internos de MGF mostram-se «dentro das suas possibilidades, disponíveis para realizar as tarefas necessárias para ultrapassar esta fase de pandemia, nomeadamente na atividade assistencial nas suas Unidades de Saúde, apoio às Unidades de Saúde Pública, às Linha de Apoio ao Médico ou na prestação de apoio médico solicitado pelos hospitais, sempre que garantidas as condições de segurança e considerando que esta atividade se realizará fora do âmbito dos estágios do Internato Médico de Medicina Geral e Familiar», concluem.

20tm13n
26 de Março de 2020
2013Pub5f20tm13n
    
Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 26.05.2020

Covid-19: Hospitais de campanha ficam isentos do pagamento da taxa à ERS

O Governo já decidiu: Os hospitais de campanha, criados no âmbito da resposta à epidemia por SARS-Co...

por Teresa Mendes | 26.05.2020

SPEDM defende inclusão da análise à função tiroideia no rastreio da mulher...

O Grupo de Estudos da Tiroide (GET) da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolism...

por Teresa Mendes | 26.05.2020

Fundação Portuguesa de Cardiologia apela à demonstração de afetos virtuais 

 Campanha inserida no mês dedicado à sensibilização para as doenças do coração<br /> Fundação Portu...

25.05.2020

Governo avalia incentivos financeiros para recuperar atos médicos cancelado...

A ministra da Saúde adiantou este sábado que o Governo está a estudar incentivos financeiros que per...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Insa promove estudo sobre saúde mental e bem-estar em tempos de pandemia 

 O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) está a promover um estudo para avaliar o...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados 

 Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados por falta de resposta social....

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.