Instituto Gulbenkian de Ciência avança com testes aos profissionais de saúde

por Teresa Mendes | 28.04.2020

Nos Hospitais do CHLO e Fernando Fonseca 
O Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) anunciou esta segunda-feira que iniciou a realização de testes à Covid-19 em 1000 profissionais de saúde dos hospitais de Egas Moniz, de Santa Cruz e de São Francisco Xavier, em Lisboa, e de Fernando Fonseca, na Amadora.

O objetivo é alargar a iniciativa a mais 3000 profissionais de saúde de outros hospitais, mas também de centros de saúde, a definir.

Segundo um comunicado do IGC, «os testes visam aferir, por um lado, que médicos, enfermeiros, técnicos e assistentes operacionais, em contacto com doentes com Covid-19, estão infetados sem o saber, porque não têm sintomas, e, por outro, os que estão protegidos contra a infeção, porque desenvolveram anticorpos específicos, e qual o grau de proteção adquirido, se duradouro ou não».


Os profissionais de saúde vão ser monitorizados de três em três semanas, por um período de pelo menos três meses, precisa o IGC, observando que a informação recolhida será «crucial para proteger e cuidar destes profissionais, gerir equipas e serviços e garantir a sustentabilidade da prestação de cuidados de saúde».

O Instituto Gulbenkian de Ciência anunciou que iniciou a realização de testes à Covid-19 em 1000 profissionais de saúde dos hospitais de Egas Moniz, de Santa Cruz e de São Francisco Xavier, em Lisboa, e de Fernando Fonseca, na Amadora

Além disso, a iniciativa «reunirá informação para preparar a resposta do país para outras possíveis vagas de infeção», acrescenta a nota à Imprensa.

As pessoas que vão ser testadas trabalham nos serviços de Urgência, Medicina interna, Pneumologia, Infeciologia e Patologia Clínica, adiantou o IGC à Lusa.

Este anúncio surge após a Fundação Champalimaud ter iniciado, igualmente na semana passada, testes de imunidade (serológicos) à Covid-19 a 667 enfermeiros e assistentes operacionais dos hospitais de Santa Maria, em Lisboa, e de Santo António, no Porto.

20tm18g
2018Pub3f20tm18g
28 de Abril de 2020

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

29.07.2020

Quer o Senhor Ministro formar mais médicos sem as condições adequadas que g...

A plataforma para a formação médica em Portugal  manifesta o seu desagrado e discordância com as dec...

por Zózimo Zorrinho | 16.07.2020

COVID-19: Testes revelam presença de anticorpos em apenas 1,5% dos membros...

«A testagem de 2571 membros da comunidade académica da Universidade de Lisboa (ULisboa), mostrou a p...

14.07.2020

«Cardiologia»,  uma colecção para profissionais de saúde

«Cardiologia»,  é o título genérico de uma colecção para profissionais de saúde, lançada na próxima...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

Recomendação da vacinação antipneumocócica pela SPEDM

«Foi com enorme satisfação que o Movimento Doentes Pela Vacinação (MOVA) recebeu a notícia da recome...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva» 

20zz29a – TM – 2603 c.<br /> <br /> SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva em Risco Cardiovascul...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.