SNS poderá ter de recorrer a privados para emitir vales cirúrgicos extra

por Teresa Mendes | 04.05.2020

Marta Temido admite possibilidade caso SNS não consiga responder 
A ministra da Saúde admitiu neste domingo, em conferência de imprensa, que poderão ser emitidos mais vales cirúrgicos para os utentes se tratarem em hospitais privados, caso o Serviço Nacional de Saúde (SNS)tenha dificuldade em responder atempadamente aos doentes.

Segundo Marta Temido, uma vez que atos considerados prioritários e muito prioritários foram suspensos desde 16 de março, com o critério clínico sempre a prevalecer, e como agora começará a ser feito o seu reagendamento, poderá haver dificuldade em o SNS responder de modo atempado a todas as necessidades, nomeadamente na cirurgia.

«O que nos interessa em definitivo é tratar da saúde das portuguesas e dos portugueses e resolver os seus problemas de saúde, se for necessário emitir mais vales de cirurgia fá-lo-emos», afirmou.

«O que nos interessa em definitivo é tratar da saúde das portuguesas e dos portugueses e resolver os seus problemas de saúde, se for necessário emitir mais vales de cirurgia fá-lo-emos», afirmou a ministra da Saúde 

Aliás, de acordo com a governante, é isso mesmo que consta do despacho sobre a retoma da atividade não Covid-19, emitido este sábado, que já chegou aos estabelecimentos e serviços de saúde, e que será público nos próximos dias.

A ministra da Saúde referiu-se ainda aos preços das máscaras, mostrando-se preocupada com informações de preços praticados, referindo que será feito «o maior esforço possível» para serem disponibilizados no mercado a um preço razoável.

«O Ministério da Saúde está neste momento, através do Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento, a avaliar as disponibilidades do mercado, não temos a noção de que haja faltas específicas, embora sempre num contexto de alguma carência, a monitorizar os preços e iremos, com outras entidades com competência nesta matéria, atuar se for necessário», disse.

20tm19c
2019Pub2f20tm19c
04 de Maio de 2020

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 26.05.2020

Covid-19: Hospitais de campanha ficam isentos do pagamento da taxa à ERS

O Governo já decidiu: Os hospitais de campanha, criados no âmbito da resposta à epidemia por SARS-Co...

por Teresa Mendes | 26.05.2020

SPEDM defende inclusão da análise à função tiroideia no rastreio da mulher...

O Grupo de Estudos da Tiroide (GET) da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolism...

por Teresa Mendes | 26.05.2020

Fundação Portuguesa de Cardiologia apela à demonstração de afetos virtuais 

 Campanha inserida no mês dedicado à sensibilização para as doenças do coração<br /> Fundação Portu...

25.05.2020

Governo avalia incentivos financeiros para recuperar atos médicos cancelado...

A ministra da Saúde adiantou este sábado que o Governo está a estudar incentivos financeiros que per...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Insa promove estudo sobre saúde mental e bem-estar em tempos de pandemia 

 O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) está a promover um estudo para avaliar o...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados 

 Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados por falta de resposta social....

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.