OM defende criação do passaporte imunológico e aquisição de vacinas da gripe

por Teresa Mendes | 05.05.2020

Ordem elabora documento com medidas essenciais para a retoma da atividade
No momento atual em que o país se prepara para, progressivamente, retomar várias atividades, o Gabinete de Crise da Ordem dos Médicos (OM) elaborou um documento com sete medidas que considera essenciais.

Entre elas a criação do passaporte imunológico ou a abertura «imperiosa» de concursos para a aquisição da vacina da gripe.

No documento assinado pelo bastonário da OM, Miguel Guimarães, é reiterada a importância do rastreio regular voluntário dos profissionais de saúde da linha da frente, bem como o reforço do rastreio da Covid-19 nos lares, mostrando a OM disponibilidade para «colaborar de forma ativa nesta matéria».

A OM insiste igualmente na obrigatoriedade da utilização de máscaras comunitárias ou máscaras cirúrgicas pelos cidadãos, certificadas pelo Infarmed, em locais públicos, alertando que esta utilização «tem, obrigatoriamente, de ser acompanhada por uma campanha de comunicação massiva que promova a literacia do uso destes equipamentos».

É ainda renovada a «importância do acesso a informação clínica e epidemiológica dos doentes Covid-19 por parte da comunidade médica e científica», lembrando o organismo que «o site da Direção-Geral da Saúde disponibiliza apenas 16 itens que pouco acrescentam em relação ao Boletim Epidemiológico».

«A Ordem dos Médicos e as Escolas Médicas continuarão a insistir nesta matéria, essencial para efeitos de estudo e investigação no sentido de entender melhor a doença e encontrar soluções mais eficazes para o seu tratamento», lê-se no comunicado.

«Embora a vacina da gripe não tenha eficácia no SARS-COV-2, caso ocorra uma segunda onda no inverno, diminuir a incidência de gripe na população de risco facilita a identificação dos potenciais doentes Covid-19», considera o bastonário da OM 

A OM considera também importante «ponderar a criação do Passaporte Imunológico», como forma de «reforço da criação de critérios de diagnóstico e validade dos exames serológicos».

Por fim, é defendida a criação da Campanha Portugal Seguro, com estabelecimento de critérios para a abertura com segurança de diferentes atividades e abertura urgente de concursos para a aquisição da vacina da gripe.

«Embora a vacina da gripe não tenha eficácia no SARS-COV-2, caso ocorra uma segunda onda no inverno, diminuir a incidência de gripe (que pode apresentar queixas similares) na população de risco facilita a identificação dos potenciais doentes Covid-19», considera a OM, alertando que «muitos países estão já a comprar mais vacinas da gripe e arriscamo-nos a ter maiores dificuldades de acesso».

20tm19g
2019Pub3f20tm19g
05 de Maio de 2020

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

22.05.2020

Publicadas as recomendações de cada especialidade para a retoma assistencia...

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) solicitou às direções dos colégios de especialidade a elabora...

22.05.2020

Exportações em saúde crescem 8,8% no primeiro trimestre do ano

As exportações em saúde atingiram os 377 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, o que se tr...

22.05.2020

Ordem dos Médicos contra voos com lotação completa a partir de junho

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) está conta a decisão, que diz ser «política», de voltar a ter...

por Teresa Mendes | 21.05.2020

SICAD promove ciclo de videoconferências

No âmbito do ciclo de videoconferências dedicado a temas atuais na área dos comportamentos aditivos...

21.05.2020

Mais de 3200 profissionais de saúde infetados

Mais de 3200 profissionais de saúde já foram infetados com Covid-19, um terço dos quais são enfermei...

21.05.2020

«SNS passou por um dos piores testes de que há memória», diz Marta Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido sublinhou esta quarta-feira, numa audição na Comissão Parlamentar...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.