Sindicatos lamentam que regime de proteção excecional exclua médicos

07.05.2020

«Discriminação lamentável», consideram SIM e Fnam
Os sindicatos médicos denunciaram esta quarta-feira, no Parlamento, que os profissionais de saúde foram «discriminados negativamente» no regime de proteção excecional de proteção de imunodeprimidos e doentes crónicos.

Numa audição na Comissão Parlamentar de Saúde sobre o «contributo que os sindicatos médicos poderão dar ao combate do coronavírus e também outros assuntos de importância para fortalecer o Serviço Nacional de Saúde (SNS)», o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e a Federação Nacional do Médicos (Fnam) alertaram os deputados para a discriminação que os profissionais de saúde estão a ser alvo no decreto-lei 20/20 que «altera as medidas excecionais e temporárias relativas à pandemia da doença Covid-19».

Os sindicatos médicos denunciaram esta quarta-feira, no Parlamento, que os profissionais de saúde foram «discriminados negativamente» no regime de proteção excecional de proteção de imunodeprimidos e doentes crónicos

No final da audiência, o secretário-geral do SIM, Jorge Roque da Cunha, em declarações à agência Lusa, afirmou que o regime excecional de proteção de imunodeprimidos e doentes crónicos está vedado aos médicos, enfermeiros, forças de segurança e bombeiros, o que considerou ser «uma discriminação lamentável».

Já o presidente da Fnam, Noel Carrilho lamentou que não se aplique aos «profissionais que estão na linha de frente do combate à Covid» o que «está definido para todos os outros portugueses que poderão ser protegidos dessa infeção se tiverem critérios de gravidade, nomeadamente de saúde», alertando para uma «despersonalização que nós não podemos, nem como médicos, nem como trabalhadores, aceitar».

Os sindicatos voltaram a alertar para a falta de investimento crónico no SNS, defendendo a necessidade de investir nos médicos, nos enfermeiros, nos auxiliares, nos funcionários e nas infraestruturas, porque só dessa maneira «se consegue captar médicos».

20tm19m
2019Pub5f20tm19m
07 de Maio de 2020

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Zózimo Zorrinho | 16.07.2020

COVID-19: Testes revelam presença de anticorpos em apenas 1,5% dos membros...

«A testagem de 2571 membros da comunidade académica da Universidade de Lisboa (ULisboa), mostrou a p...

14.07.2020

«Cardiologia»,  uma colecção para profissionais de saúde

«Cardiologia»,  é o título genérico de uma colecção para profissionais de saúde, lançada na próxima...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

Recomendação da vacinação antipneumocócica pela SPEDM

«Foi com enorme satisfação que o Movimento Doentes Pela Vacinação (MOVA) recebeu a notícia da recome...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva» 

20zz29a – TM – 2603 c.<br /> <br /> SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva em Risco Cardiovascul...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Médicos de saúde pública defendem contratação «urgente» de mais profissiona...

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) defendeu esta quinta-feira...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.