72,2% dos profissionais de saúde com níveis médios a elevados de exaustão emocional 

por Teresa Mendes | 18.05.2020

«É urgente» proteger a saúde dos que protegem a saúde, concluem investigadores 
 
Os últimos resultados do questionário de Saúde Ocupacional do Barómetro Covid-19, da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), divulgados esta sexta-feira, revelam que «mais de 70% dos profissionais de saúde apresentam níveis médios a elevados de exaustão emocional e burnout durante a pandemia».

Com 36% dos inquiridos a reportar a inexistência de Serviço de Saúde Ocupacional no seu local de trabalho, os investigadores consideram que «é urgente uma reflexão profunda sobre a forma como se está a proteger e a promover a saúde dos profissionais que protegem a saúde de todos».

Com o objetivo de conhecer melhor a atual realidade e avaliar o impacto da pandemia na saúde dos profissionais de saúde, este terceiro e último questionário dirigido a profissionais de saúde recolheu, entre os dias 30 de abril e 8 de maio, 532 respostas, totalizando um universo total de 5365 profissionais de saúde participantes.

«Quase três em cada quatro (72,2%) profissionais de saúde apresenta níveis médios ou elevados de exaustão emocional e valores semelhantes de burnout, revelando um agravamento dos já elevados níveis reportados nestes grupos profissionais» 

Os resultados dos questionários anteriores mostraram como o contacto dos profissionais de saúde com doentes (ou casos suspeitos) de Covid-19 pode ter repercussões a nível psicológico, tendo-se constatado que quase três quartos dos respondentes apresentam níveis de ansiedade elevados ou muito elevados como resposta às situações de stress que vivenciam e que quase 15% (14,6%) tinham mesmo níveis de depressão moderados ou elevados.

A terceira fase do estudo mostra agora que «quase três em cada quatro (72,2%) apresenta níveis médios ou elevados de exaustão emocional e valores semelhantes de burnout, revelando um agravamento dos já elevados níveis reportados nestes grupos profissionais», lê-se num comunicado à Imprensa.

Ainda na área psicossocial, os investigadores constatam que quase metade dos profissionais de saúde (42,6%) refere que dorme menos de seis horas diárias, valores semelhantes aos obtidos no segundo questionário, o que, associado à sensação de fadiga que é reportada, no último questionário, como intensa ou muito intensa por quase três em cada cinco profissionais de saúde (58%), «testemunha uma situação próxima da exaustão ou “esgotamento”».

 20tm21d
18 de Maio de 2020
2021Pub3f20tm21d

Publicado previamente em  www.univadis.pt
 

E AINDA

29.07.2020

Quer o Senhor Ministro formar mais médicos sem as condições adequadas que g...

A plataforma para a formação médica em Portugal  manifesta o seu desagrado e discordância com as dec...

14.07.2020

«Cardiologia»,  uma colecção para profissionais de saúde

«Cardiologia»,  é o título genérico de uma colecção para profissionais de saúde, lançada na próxima...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

Recomendação da vacinação antipneumocócica pela SPEDM

«Foi com enorme satisfação que o Movimento Doentes Pela Vacinação (MOVA) recebeu a notícia da recome...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva» 

20zz29a – TM – 2603 c.<br /> <br /> SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva em Risco Cardiovascul...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Médicos de saúde pública defendem contratação «urgente» de mais profissiona...

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) defendeu esta quinta-feira...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.