«SNS passou por um dos piores testes de que há memória», diz Marta Temido

21.05.2020

Ministra da Saúde ouvida na Comissão Parlamentar de Saúde 
A ministra da Saúde, Marta Temido sublinhou esta quarta-feira, numa audição na Comissão Parlamentar de Saúde (CPS) que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) «passou por um dos piores testes de que há memória» durante esta pandemia.

A governante acentuou que o SNS teve de se reinventar nos últimos três meses e que foi feito um esforço para que este fosse reforçado. Este reforço passou, na área dos recursos humanos, por um peso de 100 milhões de euros para quatro meses, «independentemente de renovações futuras». Até porque, como fez questão de advertir, Portugal pode ter de passar por novo processo de confinamento.

«O país não foi fechado por falta de preparação e demos nós as voltas que dermos, podemos ter de enfrentar um reconfinamento», disse a ministra aos deputados numa audição sobre política geral.

Faltam recuperar 540 mil consultas de especialidades e 51 mil cirurgias

Relativamente à atividade assistencial que teve de ser adiada, Marta Temido afirmou que o SNS vai continuar a fazer o seu percurso para recuperar as cerca de 540 mil consultas de especialidades médicas e 51 mil cirurgias que ficaram por realizar até abril, face ao período homólogo de 2019. Em termos de cuidados de saúde primários, «até abril estavam por realizar cerca de 840 mil consultas e 990 mil consultas de enfermagem face ao período homólogo».

A ministra da Saúde acentuou que o SNS teve de se reinventar nos últimos três meses

Quanto aos cuidados hospitalares, «perdemos face ao período homólogo cerca de 540 mil consultas de especialidades médicas, 51 mil cirurgias e cerca de 400 mil episódios de urgência», avançou a ministra, salientando que este é um aspeto que causa «uma grande preocupação».

A governante adiantou ainda que «os hospitais tiveram uma orientação clara para remarcar a atividade e 36 deles já apresentaram os resultados dessa marcação e remarcaram 40% de consultas e 30% das cirurgias».  

20tm21m
21 de Maio de 2020
2021Pub5f20tm21m

Publicado previamente em  www.univadis.pt

E AINDA

25.05.2020

Governo avalia incentivos financeiros para recuperar atos médicos cancelado...

A ministra da Saúde adiantou este sábado que o Governo está a estudar incentivos financeiros que per...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Insa promove estudo sobre saúde mental e bem-estar em tempos de pandemia 

 O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) está a promover um estudo para avaliar o...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados 

 Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados por falta de resposta social....

por Teresa Mendes | 22.05.2020

Publicadas as recomendações de cada especialidade para a retoma assistencia...

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) solicitou às direções dos colégios de especialidade a elabora...

22.05.2020

Exportações em saúde crescem 8,8% no primeiro trimestre do ano

As exportações em saúde atingiram os 377 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, o que se tr...

22.05.2020

Ordem dos Médicos contra voos com lotação completa a partir de junho

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) está conta a decisão, que diz ser «política», de voltar a ter...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.