Ordem dos Médicos contra voos com lotação completa a partir de junho

22.05.2020

Aviões vão deixar de ter lotação de passageiros reduzida
O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) está conta a decisão, que diz ser «política», de voltar a ter voos com lotação máxima a partir de junho. Medida «contraria as recomendações das autoridades de saúde nacionais», nomeadamente no que diz respeito ao distanciamento social, sublinha.

«É uma decisão difícil, que está a ser tomada pelos governos europeus mas que não cumpre as regras, sobretudo a portuguesa», referiu esta sexta-feira Miguel Guimarães à TSF, justificando com o facto de o avião ser um transporte essencial para a economia e de custo elevado.

O responsável diz ainda que há um aumento do risco de exposição à Covid-19 por parte dos tripulantes pelo que estes têm de ser submetidos a testes regulares à doença.

O bastonário da Ordem dos Médicos está conta a decisão, que diz ser «política», de voltar a ter voos com lotação máxima a partir de junho 

«Enquanto nós fazemos um voo, eles fazem muitos voos. Da mesma maneira que nós temos defendido para os profissionais que as pessoas tenham direito a estarem protegidas, quer os tripulantes ou os passageiros, devem estar também protegidos», disse.

Quanto aos passageiros, Miguel Guimarães defende que devem ser alvo de medidas adicionais: «Tripla verificação da situação de cada passageiro.
Além da medição da temperatura, identificar outros sintomas como tosse ou febre.»

Também ouvido pela TSF, Ricardo Penarroias, da direção do Sindicato Nacional de Voo da Aviação Civil, considera, tal como a OM, que esta decisão vai contra as normas da Direção-Geral da Saúde, classificando-a como «estranha» e «pouco coerente».

20tm21s
22 de Maio de 2020
2021Pub6f20tm21s

Publicado previamente em  www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 26.05.2020

SPEDM defende inclusão da análise à função tiroideia no rastreio da mulher...

O Grupo de Estudos da Tiroide (GET) da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolism...

por Teresa Mendes | 26.05.2020

Fundação Portuguesa de Cardiologia apela à demonstração de afetos virtuais 

 Campanha inserida no mês dedicado à sensibilização para as doenças do coração<br /> Fundação Portu...

25.05.2020

Governo avalia incentivos financeiros para recuperar atos médicos cancelado...

A ministra da Saúde adiantou este sábado que o Governo está a estudar incentivos financeiros que per...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Insa promove estudo sobre saúde mental e bem-estar em tempos de pandemia 

 O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) está a promover um estudo para avaliar o...

por Teresa Mendes | 25.05.2020

Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados 

 Quase 20% dos doentes com Covid-19 recuperados permanecem internados por falta de resposta social....

por Teresa Mendes | 22.05.2020

Publicadas as recomendações de cada especialidade para a retoma assistencia...

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) solicitou às direções dos colégios de especialidade a elabora...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.