Exportações em saúde crescem 8,8% no primeiro trimestre do ano

22.05.2020

Em contraciclo com o comportamento das exportações nacionais de bens 
As exportações em saúde atingiram os 377 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, o que se traduz num crescimento de 8,8%, quando comparado com igual período do ano anterior, de acordo com dados da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), tendo como fonte o Instituto Nacional de Estatística (INE), anunciou esta quinta-feira o Health Cluster Portugal (HCP).

As exportações da área da saúde cresceram, assim, «em contraciclo com as exportações nacionais de bens, que apresentam um decréscimo de 3,3%, em comparação com igual período do ano passado», salienta um comunicado.

Segundo o HCP, estes números surgem «no seguimento dos esforços desenvolvidos por empresas e entidades do sector, no sentido de consolidar a presença de Portugal nos mercados externos», acrescentando a organização que definiu como objetivo, até 2025, «ultrapassar os 2,5 mil milhões de euros de exportações em saúde».

Salvador de Mello, presidente do HCP, considera que este resultado positivo «reflete o dinamismo e o esforço desenvolvido pelo setor, sendo particularmente importante num momento em que a área da saúde tem sido tão desafiada e colocada à prova.

As empresas do cluster têm demonstrado uma forte capacidade de adaptação, assumindo o HCP o seu papel agregador promovendo sinergias entre muitos dos seus associados».

As exportações em saúde atingiram os 377 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, o que se traduz num crescimento de 8,8%, quando comparado com igual período do ano anterior, anunciou o Health Cluster Portugal

Neste valor de exportações estão incluídas a fabricação de produtos farmacêuticos de base, a fabricação de preparações farmacêuticas, a fabricação de equipamento de radiação e electromedicina e a fabricação de instrumentos e material médico-cirúrgico.

Recorde-se que o setor da saúde representa para a economia nacional um volume de negócios anual na ordem dos 30 mil milhões de euros e um valor acrescentado bruto de cerca de nove mil milhões, envolvendo perto de 90 mil empresas e empregando quase 300 mil pessoas.
 
20tm21r
22 de Maio de 2020
2021Pub6f20tm21r

Publicado previamente em  www.univadis.pt

E AINDA

29.07.2020

Quer o Senhor Ministro formar mais médicos sem as condições adequadas que g...

A plataforma para a formação médica em Portugal  manifesta o seu desagrado e discordância com as dec...

por Zózimo Zorrinho | 16.07.2020

COVID-19: Testes revelam presença de anticorpos em apenas 1,5% dos membros...

«A testagem de 2571 membros da comunidade académica da Universidade de Lisboa (ULisboa), mostrou a p...

14.07.2020

«Cardiologia»,  uma colecção para profissionais de saúde

«Cardiologia»,  é o título genérico de uma colecção para profissionais de saúde, lançada na próxima...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

Recomendação da vacinação antipneumocócica pela SPEDM

«Foi com enorme satisfação que o Movimento Doentes Pela Vacinação (MOVA) recebeu a notícia da recome...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Médicos de saúde pública defendem contratação «urgente» de mais profissiona...

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) defendeu esta quinta-feira...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.