Papa agradece a profissionais de saúde, a quem chama de «anjos»

por Teresa Mendes | 22.06.2020

Pessoal médico durante a pandemia «foi um ponto de referência» 
 
 O Papa Francisco agradeceu este sábado o trabalho dos profissionais de saúde durante a pandemia e classificou-os de «anjos» para os doentes, no decorrer de uma receção a estes trabalhadores da região de Lombardia, em Itálica, a mais afetada pelo coronavírus.

Francisco salientou que «no turbilhão da pandemia com efeitos chocantes e inesperados», a presença do pessoal médico «foi um ponto de referência seguro para os doentes, antes de mais, mas de uma maneira muito especial para os membros da família que, neste caso, não tinham oportunidade de visitar os seus entes queridos».

«Os doentes sentiam, frequentemente, que tinham "anjos" ao seu lado, que os ajudavam a recuperar a saúde e, ao mesmo tempo, os consolavam e apoiavam, inclusivamente, com o telemóvel para contactar a pessoa mais velha que estava prestes a morrer com o seu filho, a sua filha, para se despedir, para os ver pela última vez», acrescentou o Papa, citado pela Agência Lusa.

Francisco destacou ainda que, mesmo quando estavam exaustos, continuaram a trabalhar com abnegação.

«Quantos médicos, paramédicos e enfermeiros não puderam ir para casa e dormiram ali, onde puderam, porque não havia camas no hospital? E isso gera esperança», disse.

Na opinião da mais importante figura da igreja católica, «agora, é o momento de aproveitar toda a energia positiva que se gerou durante a pandemia», acrescentando que «foi um drama que, em grande parte, pode e deve dar frutos para o presente e o futuro».

«Os doentes sentiam, frequentemente, que tinham "anjos" ao seu lado, que os ajudavam a recuperar a saúde e, ao mesmo tempo, os consolavam e apoiavam», salientou o Papa Francisco 

«Para honrar o sofrimento dos doentes e dos muitos falecidos, especialmente idosos, cuja experiência de vida não deve ser esquecida, é necessário construir o amanhã e isso exige compromisso, força e a dedicação de todos», afirmou.

O Papa assegurou que médicos, paramédicos, voluntários, sacerdotes, religiosos, leigos, todos, «começaram um milagre».

20tm26a
22 de Junho de 2020
2026Pub2f20tm26a

Publicado previamente em  www.univadis.pt

E AINDA

por Zózimo Zorrinho | 16.07.2020

COVID-19: Testes revelam presença de anticorpos em apenas 1,5% dos membros...

«A testagem de 2571 membros da comunidade académica da Universidade de Lisboa (ULisboa), mostrou a p...

14.07.2020

«Cardiologia»,  uma colecção para profissionais de saúde

«Cardiologia»,  é o título genérico de uma colecção para profissionais de saúde, lançada na próxima...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

Recomendação da vacinação antipneumocócica pela SPEDM

«Foi com enorme satisfação que o Movimento Doentes Pela Vacinação (MOVA) recebeu a notícia da recome...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva» 

20zz29a – TM – 2603 c.<br /> <br /> SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva em Risco Cardiovascul...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Médicos de saúde pública defendem contratação «urgente» de mais profissiona...

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) defendeu esta quinta-feira...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.